Massagem Desportiva

A massagem desportiva tem como objetivo preparar e recuperar a musculatura de quem pratica atividades físicas. A técnica é indicada para aumentar rendimentos, diminuir dores, melhorar a circulação sanguínea e eliminar toxinas presentes nos músculos. Além disso, ela melhora o tônus muscular e aumenta a performance física.

Surgida no século XIX, quando Pehr Henrick Ling, do Instituto de Ginástica de Estocolmo observou a importância da técnica, a massagem desportiva tem crescido e sido difundida cada vez mais. Os músculos são extremamente beneficiados pela massagem, que estimula a produção de glicosaminoglicanas, substância que reduz o endurecimento muscular e rompe nódulos. A técnica proporciona oxigenação para que as fibras musculares relaxem e, dessa forma, evita o surgimento de câimbras.

A massagem pode ser feita antes ou depois de treinos e competições e é indicada tanto para amadores, quanto para profissionais. Por reunir um conjunto de diversas técnicas, a massagem desportiva possibilita a reabilitação dos tecidos moles do corpo, como músculos, tendões e ligamentos. A técnica une alongamentos, fricção, percussão e vibração de forma a prevenir lesões e reabilitar o atleta.

A técnica deve ser evitada em casos de dor aguda, inflamações, hematoma e edemas causados pelo esforço durante atividades físicas. Nesses casos, o melhor é uma compressa gelada para edemas e inflamações, ou uma compressa quente, em casos de tensão muscular. Após apresentar melhora, a massagem desportiva pode ser procurada.

É importante ter cuidado ao procurar a técnica. Deve-se buscar um profissional qualificado, pois um serviço incorreto pode atingir de forma errada vasos arteriais, venosos e linfáticos. A massagem desportiva tem movimentos mais rápidos e fortes do que a massagem relaxante, fique atento às diferenças para evitar lesões.

Vantagens

A massagem desportiva traz inúmeros benefícios, como a prevenção de lesões musculares e dos tendões, a melhoria da consistência do treino, a cura de lesões agudas, a redução de espasmos musculares e a redução da fadiga. Além disso, a técnica traz serenidade mental e alívio dos músculos tensos, rígidos e fatigados.

O procedimento aumenta a quantidade de sangue no local massageado, elevando a temperatura do corpo e a atividade cardiovascular. A técnica libera adrenalina e prepara o corpo para os exercícios físicos, evitando lesões.

Se procurada após a prática de exercícios físicos, a massagem ajuda a melhorar o fluxo de circulação arterial, ajudando a eliminar toxinas. A técnica evita fadiga e as conhecidas dores do dia pós-treino. Além disso, a massagem elimina nódulos de tensão.

Principais indicações

Para quem busca relaxamento, o ideal é receber a massagem após treino ou competição. A massagem desportiva praticada pós-atividade física proporciona uma recuperação de duas a três vezes mais rápido que um simples repouso.

Para estimular a circulação e evitar lesões, a dica é fazer a massagem antes dos exercícios físicos. A técnica auxilia na flexibilidade e prepara o corpo de forma adequada. Normalmente, a massagem é feita entre vinte e trinta minutos antes do aquecimento.

A técnica também é indicada em outras situações, como viagens. A massagem alivia a sensação de rigidez, dores nas costas e inchaço em membros inferiores causadas por longos períodos na mesma posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>